Como vender mais sem depender apenas de indicação?

A chegada de um novo ano sempre vem acompanhada de metas audaciosas e de um planejamento para alcançar cada uma delas. Por isso, se você quer vender mais esse ano precisa saber que depender de clientes que vem apenas por indicação não vai fazer sua empresa crescer.

Tudo bem que clientes vindos por indicação tem grandes chances de fechar com você. Porque parte dessa venda já se iniciou quando seu cliente o indicou, certo? Você teve seu mérito por entregar a melhor solução pra esse cara, deu suporte e entregou o prometido no pós-venda.

No entanto, depender apenas de indicação para vender mais não é sinal de uma estratégia eficiente.

A princípio pode parecer que clientes vindos por indicação são uma maravilha pro seu negócio. Mas já parou para estabelecer outras formas de aumentar vendas sem precisar investir muito?

É sobre isso que vou tratar nesse artigo.

Por que você deve parar de depender de indicação?

Se eu perguntasse hoje a qualquer empreendedor se ele deseja crescer, certamente eu ouviria que sim em alto e bom som.

Todavia, as empresas que tentam sobreviver no mercado costumam depender de indicação, e claro que em salvo alguns casos o negócio é mantido, mas pouco a pouco encaminham a empresa para a estagnação e ao fracasso.

Existem 3 grandes problemas causados por depender de indicação para aumentar vendas:

  1. As metas de crescimento não podem ser medidas, logo não há previsibilidade.
  2. Não existe previsão de crescimento, ou seja, se você depende de indicações para manter a receita mensal não poderá prever sequer o próximo mês.
  3. Incapacidade de investimento, fica difícil aplicar dinheiro em algo que você não faz  ideia do retorno e tampouco de quanto isso seria. 

Pode parecer óbvio, mas muitas empresas pecam no simples, naquilo que parece básico em seu segmento. O mercado segue cada vez mais competitivo, não há espaço para amadores sobreviverem. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2017 cerca de 700 mil empresas fecharam no Brasil. No início da operação um erro fatal é investir muito em ferramentas, plataformas, aplicações e contratações. Não é assim que você de fato vender mais, mas estruturando processo de vendas.

Assista esse vídeo onde o CEO da Growth Machine, Thiago Reis, fala sobre os desafios que uma empresa enfrenta em sua operação.

Veja bem, tudo isso que mencionei é importante e claro que é possível ganhar em produtividade e organização. Mas existem pontos-chave na sua operação que você deve acompanhar de perto, negligenciar isso é jogar dinheiro fora.

Como parar de depender de indicação para vender mais?

É possível vender mais sem depender de indicação. Se você acompanha a Growth Machine já sabe que produzimos muito conteúdo, esse é o nosso combustível.

Se você ainda não começou a produzir conteúdo pro seu negócio está perdendo grandes oportunidades de negócio. A médio prazo é uma das formas mais eficazes de alcançar e engajar pessoas. Lembre-se sempre que você está falando com pessoas e elas compram soluções.

Você pode criar um blog, produzir ebooks com conteúdo útil e de valor para a sua audiência, postar regularmente no Linkedin e nas demais redes sociais. Todas essas ações geram engajamento e ajudar você a atrair mais clientes.

Os resultados não brotam do nada, tudo que é bom leva tempo para acontecer. Seja consistente e relevante para o público que você quer atingir. 

Vou deixar um artigo aqui para você descobrir como é possível usar o social selling para vender mais usando o Linkedin.

Outra forma muito comum é investir em tráfego pago para entregar seus conteúdos. Pode ser feito mesmo aliado ao conteúdo gratuito que você entrega. Através dessa ação é possível atrair o seu público potencial para consumir seu conteúdo e a enxergar sua solução como resposta às necessidades deles.

A curto prazo é uma boa opção e traz resultados mais rápidos, visto que você pode atingir de forma mais pontual o seu público, qualificando e segmentado quem chega até você.

Onde devo focar para começar a ter previsibilidade?

Compreender que para gerar receita previsível não está ligado com o aumento na contração do time de vendas, mas sim, ao aumento do volume de leads dispostos a comprar de você.

Para isso é necessário reconhecer a demanda. Saber em quem e onde focar seus esforços. A missão do time de vendas deve ser gerar mais oportunidades qualificadas. Por isso que analisar o seu funil de vendas e a taxa de conversão em cada etapa é tão importante, e claro, vai ajudar você a perceber onde está o seu gargalo e a ter mais clareza em cada processo.

Entender o quanto seu cliente gera de LTV (Life Time Value) proporciona o entendimento do cenário e do quanto ele pode pagar por sua solução por um determinado período de tempo. Isso faz com que seja possível investir muito mais em vendas, no marketing, no time, permite investimento em tecnologia e mais. 

A partir daí, com um processo de vendas rodando é possível controlar as oportunidades que chegam e você passa a entender como flui o seu ciclo de vendas, a sua taxa de conversão, seu ticket médio e seu olhar passa para a operação a longo prazo. Sendo que quando você depende de indicação não há como medir essa previsibilidade e torna difícil escalar seu negócio. 

Agora que você já sabe que para vender mais você precisa deixar de depender de indicação. Eu preparei um artigo para você com tudo o que precisa para começar a dobrar vendas ainda esse ano. Confira aqui.

aumentar vendas, indicação, vender mais

Growth Machine

Sobre nós

Inscreva-se

© 2019 Growth Machine. All rights reserved